A Biblioteca do Rei Afonso Henriques

sexta-feira, 19 de julho de 2019

O Plano Nacional de Leitura (PNL2027) acaba de lançar a iniciativa 10 Minutos a Ler
"A ciência e a observação empírica têm mostrado amplamente o quanto o contacto com o livro e a prática regular da leitura são indispensáveis para o desenvolvimento do gosto de ler, a consolidação dos hábitos leitores e o aumento das competências de literacia. Quem lê, lerá sempre mais e melhor, e ficará mais bem preparado para a vida. É por isso que ler todos os dias é tão importante.
Para estimular a criação de uma rotina de leitura na família, nas creches, nos jardins de infância, nas escolas, na academia, no trabalho e no lazer, o Plano Nacional de Leitura (PNL2027) lançou o repto: Ler sempre. Em qualquer lugar.
É no âmbito deste repto que se enquadra o desafio dirigido, este ano, às escolas do 2º e 3º ciclos do Ensino Básico e do Ensino Secundário da rede pública, para que instituam no seu quotidiano a atividade diária da leitura por prazer. Esta pode ter lugar a qualquer hora e em qualquer espaço e contexto escolar, formal ou não-formal: na sala de aula, na biblioteca, nos laboratórios, no refeitório, no ginásio, no pátio, … Não interessa onde se lê, mas que a todos seja dada a oportunidade de o fazer todos os dias, escolhendo para tal um texto da sua preferência.
O 10 Minutos a Ler será continuado nos próximos anos, prevendo-se o seu alargamento a outros públicos e organizações." Fonte PNL, texto com supressões

terça-feira, 25 de junho de 2019

Os livros - os nossos melhores amigos!

As nossas Bibliotecas Escolares não pararam de crescer, durante este ano letivo, e foram muitos os que permitiram que o seu fundo documental aumentasse criativamente, oferecendo livros, que nos presentaram com histórias e textos maravilhosos fazendo-nos engrandecer, sonhar e ver o mundo com otimismo, incutindo nos leitores, sobretudo nos mais novos, conceitos importantes para o seu desenvolvimento. 

           A todos, muito obrigada!

         O LIVRO é, sem dúvida, uma das estratégias mais eficazes contra a rotina, o tédio e o desânimo, e um dos melhores impulsionadores para VIAGENS a lugares inesquecíveis, tornando-nos mais construtivos e felizes.


A equipa da BE deseja, por isso, a toda a Comunidade Educativa férias plenas de momentos muitos bons, com excelentes leituras, convidando os que descobriram a paixão que um livro pode despertar a requisitarem-no na BE, para esta temporada de descanso bem merecido.

Boas Férias! Boas leituras!

Resultado de imagem para homem sentado a ler num banco numa árvore
Os livros
Os livros. A sua cálida,
terna, serena pele. Amorosa

companhia. Dispostos sempre

a partilhar o sol

das suas águas. Tão dóceis,

tão calados, tão leais,

tão luminosos na sua

branca e vegetal e cerrada

melancolia. Amados
como nenhuns outros companheiros
da alma. Tão musicais
no fluvial e transbordante
ardor de cada dia.

Ofício de Paciência, Eugénio de Andrade


segunda-feira, 10 de junho de 2019

Que farei com este livro? de José Saramago


De José Saramago,  é uma obra de teatro que se recomenda a quem gosta d’ Os Lusíadas e quer saber um pouco mais sobre o contexto que antecedeu a sua publicação.
Resultado de imagem para que farei com este livro?Que farei com este livro? foi editado em 1980, justamente aquando do 4.º centenário da morte de Luís de Camões. A ação circunscreve-se a Almeirim e Lisboa, entre abril de 1570data em que o Poeta maior da língua portuguesa  chega a Lisboa, de uma ausência de 17 anos por Moçambique e Índia – e março de 1572, data da publicação da sua obra.
Numa linguagem atrativa e didática, José Saramago convida-nos a coabitar com o autor de Os Lusíadas, dando-nos a conhecer o seu contexto político,  económico, familiar e social, os dramas da peste e da Inquisição, que grassavam, torturando o povo português, no reinado do inexperiente D. Sebastião.

A certa altura da obra de Saramago, diz Camões:

 “Se eu fosse esmolar pelas ruas e praças talvez me dessem dinheiro para comer. Mas não mo dariam se eu dissesse que o destinava a pagar ao livreiro que me imprimisse o livro.” 




quarta-feira, 5 de junho de 2019

Dia Mundial do Ambiente

No Dia Mundial do Ambiente, uma imagem que nos fará refletir e AGIR.

O fotojornalista português Mário Cruz conquistou o 3.º prémio, na categoria Ambiente, no World Press Photo, o maior concurso de fotojornalismo do mundo, focando a poluição do rio de lixo, rio Pasig, em Manila, nas Filipinas.
Imagem relacionada


"A fotografia distinguida pelo World Press Photo mostra uma criança que recolhe materiais recicláveis, para obter algum tipo de rendimento que lhe permita ajudar a família, deitada num colchão rodeado por lixo que flutua no rio Pasig, declarado biologicamente morto na década de 1990."

terça-feira, 4 de junho de 2019

AGUSTINA BESSA-LUÍS

Maria Agustina Ferreira Teixeira Bessa-Luís nasceu em Vila Meã, Amarante, a 15 de Outubro de 1922. A infância e a adolescência da escritora serão passadas nesta região, que marcará fortemente a sua obra. Estreia-se como romancista em 1948, com a novela Mundo Fechado, mas é em 1954, com o romance A Sibila, desde então sucessivamente reeditado, que se impõe como uma das vozes mais importantes (uma voz “incomparável”, como dirá o ensaísta Eduardo Lourenço) da ficção portuguesa contemporânea. in jornal Público

Resultado de imagem para agustina bessa luís








sexta-feira, 31 de maio de 2019

Exposição "La France en Europe"

  O Grupo disciplinar de Francês  motivou os alunos do 3.º ciclo a produzir folhetos na língua francesa  que  funcionam como guiões da cidade de Guimarães. 
 A par desta informação, está patente uma exposição que transmite a pluralidade de imagens sobre França.


"Vamos falar de profissões"


Resultado de imagem para vamos falara de profissõesNo âmbito da disciplina de EMRC, em articulação com a BE, alunos do 9.º ano efetuaram debates e exposição de trabalhos sobre o tema “Vamos falar de Profissões”. Os intervenientes tinham de pesquisar sobre a profissão que lhes foi determinada ressalvando a importância e dificuldade inerentes ao exercício da mesma.
Esta atividade foi de suma importância para os discentes se consciencializarem do valor que cada profissão comporta para o bem social.


quarta-feira, 29 de maio de 2019

"O que leem os nossos filhos"

Este infográfico muito interessante reflete os dados do inquérito “O que leem os nossos filhos” – com base numa sondagem conduzida pela GFK que analisa os hábitos de leitura das famílias portuguesas, com crianças e jovens entre os 5 aos 15 anos.

Para analisar e melhorar os  hábitos de leitura!Clica na imagem para veres melhor.

quinta-feira, 23 de maio de 2019

Hora do conto - "O lobo que descobriu o País dos Contos"

image.png
A equipa de BE tem  uma nova história para contar, aos leitores mais pequeninos, por meio de fantoches, baseada na obra O lobo que descobriu o País dos Contos de Orianne Lallemand e ilustração de Éléonore Thuillier. Esta história, ao agrupar personagens do imaginário infantil, de forma a apelar para o civismo, anula o conceito tradicional de violência, que está associado ao lobo.

Além do momento de leitura recreativa, os alunos têm a possibilidade de observar a exposição "A agricultura no mundo" organizada pelo subdepartamento de Geografia que reflete sobre as diversas formas de praticar a agricultura.




Ler, SIM! Desarrumar, NÃO!


ATENÇÃO

 Quando já não precisares do livro, deixa-o na mesa!
 Nunca o coloques na estante, pois pode ficar no sítio errado e nunca mais sabemos dele.

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Paisagens agrícolas

Está patente, na BE, uma exposição elaborada pelos alunos do 8.º ano, sob a coordenação do subdepartamento de Geografia,  que aborda os vários tipos de agricultura – moderna e tradicional – existentes a nível mundial, o que origina diversas paisagens agrícolas.
Para além destas, podemos encontrar formas de praticar a agricultura de modo sustentável.
Os Povos, de acordo com as suas tradições, técnicas e tecnologias, fabricam a terra de modo muito diverso. Além disso, o rendimento e a produtividade variam de acordo com fatores supracitados e com as condições naturais, nomeadamente, o clima, o solo e o relevo.
        Visita a Biblioteca Escolar e aproveita esta oportunidade para aprenderes mais sobre o mundo que  nos rodeia.
Imagem inlineImagem inlineImagem inlineImagem inlineImagem inlineImagem inlineImagem inlineImagem inline

sexta-feira, 10 de maio de 2019

Dia da União Europeia

     Na senda da comemoração do Dia da Europa -  9 de maio - está patente na BE uma exposição evocativa da formação da União Europeia organizada pelo subdepartamento de Geografia. 
     Na sequência desse evento, as turmas do 7.º ano estiveram na Biblioteca acompanhadas das suas professoras de Geografia e realizaram atividades lúdico-pedagógicas sobre a efeméride.


As mesmas docentes, no fim da semana de aulas, propiciaram aos alunos do 9.º ano a participação nas Olimpíadas da Geografia, com dinâmicas pedagógicas, testando os seus conhecimentos sobre a UE.

segunda-feira, 29 de abril de 2019

Concurso Nacional de Leitura, em Famalicão, um dia diferente, com muita adrenalina à volta dos livros!

No dia vinte e nove de abril, as alunas Ana Fernandes, da turma 7 da E.B. 1/JI do Alto da Bandeira, e Sofia Barroso, da turma A do nono ano, participaram na fase intermédia do Concurso Nacional de Leitura (realizada na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, em Famalicão), que agrupou os alunos selecionados da região do CIM do Ave. 
Apesar do grande empenho evidenciado na preparação de todas as propostas requeridas pelo regulamento, as discentes envolvidas não foram selecionadas, na prova escrita, para a etapa nacional. No entanto, estão de parabéns pelo entusiasmo demonstrado e excelente trabalho desenvolvido, em simultâneo com as atividades curriculares.


Ana e Sofia em frente da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, Famalicão, após a receção aos alunos participantes.
Um momento, no palco do CESPU, em que a Sofia interagiu com o animador Nuno Henriques.
No final da sessão, Sofia e Ana com o animador Nuno Henriques.

terça-feira, 23 de abril de 2019

Dia Mundial do Livro

      Hoje, é necessário ler e ouvir, com mais atenção ainda, a animação do livro de José Jorge Letria e André Letria - Se eu fosse um livro

     Os livros fazem-nos falta e ajudam-nos a viajar. O importante é encontrarmos o NOSSO  LIVRO.
     Eis os comentários produzidos pelos alunos do 9.º A a partir do visionamento do livro citado, iniciando a frase por "Se eu fosse um livro":

Se Eu Fosse Um Livro"Se eu fosse um livro, não gostava de saber logo, no princípio, como é que a história ia acabar." - Francisca

"Se eu  fosse um livro, gostaria de fazer feliz quem me lesse, nem que fosse por um minuto."- Prof.ª Elsa Ribeiro

segunda-feira, 22 de abril de 2019

Dia Mundial do Livro

     A 23 de abril, celebra-se o Dia Mundial do Livro. Procura um Bom Livro na tua Biblioteca Escolar. Sugerimos-te, também, para assinalarmos esta data a leitura do conto de Beatriz Lamas Oliveira, escritora que já  visitou a BE, para divulgar a sua obra infanto-juvenil.
Resultado de imagem para notre dame de parisResultado de imagem para corcunda de notre dame     Sabias que o filme animado da Walt Disney, cujo enredo foca a paixão do sineiro, que habitava a maravilhosa catedral de Notre-Dame de Paris, pela cigana Esmeralda, se inspirou na obra Notre Dame de Paris de Victor Hugo (1802- 1885)?